X

Olá aventureiros! Como andam as batalhas por aí?

Bom, como já sabemos, o mês está chegando ao fim e com ele a 13ª temporada de Hearthstone também chegará.

Muitas novidades nos acompanharam nesta temporada (ou melhor dizendo, muitas cartas novas e novas estratégias), e claro que elas afetam e muito o metagame. E são estas novidades que nos pegam de surpresa quando temos um deck redondinho, numa ótima posição no rank, certo?

Então que tal conferir com a gente quais foram os decks mais vitoriosos nas três primeiras semanas dessa temporada? Ainda dá tempo de conseguir uma boa posição e garantir o back da vez!

Primeira Semana

A primeira semana de Abril contou com a chegada da Montanha Rocha Negra, o que já trazia indícios de mudanças nos decks e no rank.

Neste momento, decks como Oil Rogue, Midrange Druid, Face Hunter, Zoolock, e Freeze Mage dominavam o topo do rank. São decks que ainda não contam com as cartas da expansão, sendo provavelmente mantidos da última temporada.

Oil Rogue

A grande sacada do deck é a utilização de Óleo de Arma do Faz-tudo: ao construir uma boa arma para o heroi, existe uma infinidade de escolhas, entre elas limpar a mesa utilizando Rajada de Lâminas.

O segredo para a vitória está em lidar com a mesa, controlando o oponente até construir uma mesa estável e finalizar o oponente com um combo de Óleo de Arma.

Midrange Druid

Também chamado de Fast Druid, tem como base reforçar sempre a sua capacidade de jogo, com cartas como Druida da Garra, que pode tanto causar impacto imediato, ou servir de proteção. Cartas como Vulto de Naxxramas também fazem parte do deck, por serem difíceis de remover.

Freeze Mage

Este deck está presente no topo do rank há muito tempo, e não cai mesmo com as mudanças e os nerfs em cartas básicas do seu funcionamento. O objetivo é parar o jogo com cartas como Nova Congelante e Nevasca, ou causar dano ao oponente com Seta de Gelo, Bola de Fogo e Lança de Gelo.

oil_rogue   midrange_druid   freeze_mage

Face Hunter

O Face Hunter é um deck cheio de lacaios baratos, que visa o controle de campo para levar à vitória. Ser agressivo no início da partida é um dos segredos.

Zoolock

Com certeza este deck é uma das variações mais populares entre os que jogam com Gul’dan. A Day também fez um guia deste deck, e é só conferir aqui.

Segunda Semana

A dominação Oil Rogue se viu ameaçada com o lançamento da Montanha Rocha Negra (mas não quer dizer que o deck foi completamente derrubado). A chegada das novas cartas mudou (e muda diariamente) as coisas no metagame.

Cartas como Freguês Carrancudo, que trazem uma mecânica diferenciada, começaram a fazer parte dos decks. Novas estratégias como o deck de Patron Warrior começaram a aparecer. A Day fez um guia deste deck, que pode ser conferido aqui.

Mas a principal mudança desta semana foi a presença do Imperador Thaurissan em decks como Midrange Druid e Freeze Mage. O buff desta carta combinado com decks que prezam um uso massivo de cartas trouxe resultados incríveis.

Mesmo com as mudanças, Midrange Druid e Face Hunter ainda se mantinham no topo, enquanto os decks Oil Rogue acabaram por ter seu rendimento diminuído. No caminho inverso, os decks de Mech Mage e Midrange Paladin conquistaram seu espaço.

Mech Mage

Com certeza um dos meus queridinhos. O Mech Mage consiste em controlar a mesa a todos custo. Para saber mais é só conferir este guia que eu fiz aqui.

Midrange Paladin

Alguns consideravam que a classe era a pior do jogo para jogos rankeados (as opiniões são divergente, óbvio), e a expansão GvG permitiu mudanças drásticas. Muitas cartas passaram a funcionar muito bem com Malabarista de Facas, como Preparação de Batalha, o que tornou a classe mais competitiva.

midrange_pala

Terceira Semana

Na terceira semana da temporada as mudanças da nova aventura estão realmente fazendo diferença no metagame. O impacto de Thaurissan nos decks de controle e midrange é ainda mais notado.

Oil Rogue, Midrange Druid, Face Hunter, e Freeze Mage continuam no topo, mas o Zoolock (que havia perdido certo espaço) e o Demonlock, assim como o Mech Shaman, vieram a surpreender. Decks Tempo Mage também subiram no rank.

Demonlock

Pode-se dizer que o Demonlock é uma versão mais estável do já conhecido Handlock. Modificações, como por exemplo a substituição dos Gigantes da Montanha por Arautos do Caos, e a adição de novos demônios como Infernal Medonho trouxeram novo fôlego.

Mech Shaman

Decks Mech Shaman tem um potencial incrível no early game e podem trazer uma vitória rápida se bem utilizados. Tem uma grande semelhança com os Mech Mage. A grande dificuldade é ter uma mesa estável para atingir a vitória.

Tempo Mage

O segredo deste deck é construir uma mesa imponente no começo do jogo com segredos e feitiços. O uso de Portal Instável é essencial para se ter um bom lacaio logo no early game. A estratégia básica é manter uma mesa cheia e usar seus feitiços para limpar a mesa do adversário.

demonlock   mech_shaman   tempo_mage

Bom, obviamente não são só estes os decks vencedores, existem milhares de variações de acordo com as necessidade (e coleção) de cada jogador.

Se você conhece aquele deck de sucesso que não está aqui na lista, só deixar nos comentários!

E ah! Em breve teremos mais guias destes e de outros decks pra vocês! :3

Beijo beijo, e até a próxima.

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someoneShare on Tumblr0Pin on Pinterest0