X

Olá aventureiros! Como anda a jornada por aí?

Pois bem, por aqui continuamos enfrentando os desafios que a Montanha Rocha Negra nos oferece (e que desafios, né?). Mas não se desesperem! Se a coisa anda difícil, é só conferir como enfrentar esses esquentadinhos neste post!

Primeiro Chefe: Garr. Poder Heroico: Pulso Magmático.

garr

  • Sobre este chefe:

  • No modo Heroico, Garr tem 45 de vida, e não 30 como no modo normal.
  • Os Devotos do Fogo causam 3 de dano, e não 1, ao seu heroi para cada um morto no turno.
  • Ele sempre vai utilizar (e isso também no modo normal) o Pulso Magmático no início do turno, é importante se atentar a isto.

  • Sobre o deck e a estratégia utilizada:

  • Ganhar de Garr (hue) é algo que depende MUITO, mas MUITO do nosso querido (ou não) RNG. As cartas certas na hora certa vão determinar a sua vitória ou fracasso (no meu caso, quatro tentativas bastaram).
  • O grande segredo pra não ser massacrado pelos Devotos é silenciá-los. Caso não seja possível, tente ao menos curá-los para que não morram todos de uma só vez, ou até matá-los (em alguns casos funciona, acredite). Então use algum artifício de cura, como o Robô de Cura Vintage.
  • Dissipação em Massa pode ser a carta que vai determinar o seu sucesso ou a sua derrota: tenha ela em mãos com 4 de mana, e seja feliz.
  • No geral, a principal preocupação é não deixar que os Devotos morram todos de uma vez, abusar do poder heroico do chefe (muitas vezes ele acaba sendo pior para ele mesmo, então não ligue em deixar aquele lacaio parrudo com 1 de vida: ele vai morrer), e claro, se preocupar em atingir Garr!
  • Controle Mental pode ser muito útil para tomar do inimigo algumas boas cartas, ou até mesmo algum Devoto. Visão da Mente também está no deck para isso.

Obs.: não possuo muitas cartas boas de Sacerdote. Existem outras que são melhores nos quesitos importantes, sintam-se à vontade para usá-las. O importante é a estratégia principal. 😉

Segundo Chefe: Barão Geddon. Poder Heroico: Incendiar Mana.

geddon

  • Sobre este chefe:

  • Essa belezoca começa com 50 de vida e 50 de escudo (sim, eu também fiquei em choque à primeira vista). Mas a meu ver, é o chefe mais tranquilo de se enfrentar.
  • O poder heroico deste chefe é causar 10 de dano ao seu personagem quando você não gastar toda a mana no seu turno, então se atente a isso, ou, para casos inevitáveis, tenha cartas de cura, como o Robô de Cura Vintage.

  • Sobre o deck e a estratégia utilizada:

  • Se ater ao gasto de mana é o principal. Mas também precisamos entender que é um chefe com muita vida. Sim, por conta do custo de mana pensei logo em usar um Mech Mage, porém este deck não atinge o dano letal pra vencer a partida (sim, eu tentei).
  • Outra coisa importante é sempre ter cartas na mão. Ficar algumas rodadas sem nada pode ser fatal, então é importante usar cartas de compra como Intelecto Arcano, Acólito da Dor, Draco Lazúli, entre outras.
  • A utilização de Kel’Thuzad aqui é quase que fundamental. Quando o jogo já está numa fase avançada, e você tem que se preocupar com o chefe e seus lacaios, poder recuperar seus lacaios mortos é a chave para o sucesso. Você pode tentar protege-lo com cartas com Provocar, mas eu não senti tanta necessidade.
  • Um combo muito bacana é Kel’Thuzad + Dr. Cabum. Ver suas Robombas retornando em cada rodada além de muito divertido, é extremamente eficiente.
  • Use cartas de dano em área para limpar a mesa quando Geddon encher sua mesa. Abuse de Nevasca e Golpe Flamejante para isso.
  • No mais, seja paciente e pense bem em suas escolhas. É disso que precisamos com esse chefe.

 

Terceiro Chefe: Senescal Executus/Ragnaros. Poder Heroico: O Senescal/MORRAM, INSETOS!

senescal

  • Sobre este chefe:

  • É com certeza o mais difícil da ala. Você corre o risco de perder toda a sua paciência com ele (mas não desista).
  • No início, enfrentamos Senescal Executus, com 30 de vida e 15 de escudo. Ao matarmos o chefe, ele se transforma em Ragnaros, o Senhor do Fogo, com 30 de vida, 30 de escudo, e um poder heroico atordoante.
  • Senescal vai usar o poder heroico em toda rodada, então esteja preparado para limpar os lacaios dele e se manter vivo.
  • É importante lembrar que Senescal também irá lotar a mesa de Gigantes Derretidos quando tiver menos de 25 de vida, então é importante não deixar que ele chegue neste ponto.

  • Sobre o deck e a estratégia utilizada:

  • Como já disse anteriormente, é importante não deixar Senescal com menos de 25 de vida, a menos que você queria ser massacrado com Gigantes. Atente-se a limpar a mesa, e tirar a vida dele aos poucos.
  • O grande trunfo do deck está em duas cartas: Vulto de Naxxramas e Campeão Abençoado. Elas são fundamentais.
  • Torça para o Vulto de Naxxramas vir logo à sua mão: quanto antes isso acontecer, antes você vencerá. Este lacaio possui furtividade, e é 2/2. Porém a cada turno, ele recebe +1/+1. Mantenha-o na mesa (um é o suficiente, e o ideal, use o outro para limpeza de mesa).
  • Tenha paciência, e mantenha-se vivo com as cartas de cura, sempre limpando a mesa com boas combinações de ataque.
  • Quando tiver com as duas Campeão Abençoado em mãos, 10 de mana, e um Vulto com pelo menos 15 de ataque (o ideal é que Senescal esteja com 30 de vida), entre em ação: use a primeira carta de buff, e ataque-o. Ele irá tornar-se Ragnaros, mas a vez ainda será sua. Use a segunda carta de Campeão Abençoado, e voilá! Você terá ataque o suficiente para acabar com Ragnaros de uma só vez! (vide imagem abaixo – eu precisei esperar mais até que tivesse as duas cartas de buff em mãos)
  • Paciência e uma estratégia para sobreviver até o ponto crucial do jogo são fundamentais, mas sim, é possível pessoal!

Hearthstone Screenshot 04-10-15 22.28.08

Obviamente estes decks são apenas sugestões, eles podem ser melhorados e adaptados de acordo com o estilo de jogo de cada um: o principal é a estratégia.

Desejo uma boa sorte e boas batalhas a todos!
Quem tiver alguma sugestão, só deixar nos comentários. 😉

Beijo beijo, e até a próxima!

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someoneShare on Tumblr0Pin on Pinterest0